Desempenho do sujeito com epilepsia no trabalho em uma perspectiva biopsicossocial…

2012 – Atual

Desempenho do sujeito com epilepsia no trabalho em uma perspectiva biopsicossocial: perspectivas relacionadas à doença, sujeito, familiares e empregadores.

Descrição: A epilepsia é uma doença neurológica crônica que atinge um grande número de indivíduos em todo o mundo. A epilepsia de lobo temporal refratária é a mais prevalente dentre os subtipos de epilepsia. Esforços têm sido feitos para controlar as crises e os efeitos dos medicamentos. Contudo, mesmo diante de tais esforços, ter epilepsia gera grande impacto na qualidade de vida e cotidiano das pessoas1.  De acordo com a literatura cerca de 70% dos indivíduos com epilepsia tem suas crises controladas por meio do uso de drogas antiepilépticas (DAE), ou seja, 30% não respondem adequadamente a esse tipo de tratamento.2 Devido ao impacto desta condição de saúde na vida daqueles que a possuem, o tratamento objetiva, além do controle das crises, a melhora na qualidade de vida (QV)3. Assim, tem-se falado em qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) que envolve os valores atribuídos à vida, as percepções das relações familiares, as condições sociais, limitações impostas pela doença crônica e pelas características da assistência à saúde4. Em estudo prévio realizado sobre o tema, os orientadores e esta pesquisadora, em conjunto com demais autores, verificaram que atividades como sair de casa sozinho, procurar e manter o emprego estão entre as principais queixas do sujeito com epilepsia e que quando avaliadas no seu nível de satisfação com o desempenho interferem, assim como a depressão, na qualidade de vida destas pessoas. A partir dos resultados levantados nesse estudo prévio este pesquisa propõe, enquanto objetivo inicial, investigar e descrever, dentro de uma perspectiva biopsicossocial, quais são os principais fatores que interferem na capacidade e desempenho para o trabalho do sujeito com epilepsia.  Previamente, identificou-se restrições relacionadas à socialização, possibilidades em sair de casa, acesso à educação, busca e permanência no trabalho. Para este estudo, o trabalho será definido como temática central para análise, na busca de estabelecer relações entre o de.
Situação: Em andamento.
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Renato Nickel – Coordenador / Lauren Machado Pinto – Integrante / Carlos Eduardo Silvado – Integrante.
Número de orientações: 1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.